História do metodismo no Brasil - Linha do tempo

“Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta”. Hebreus 12.1

Uma grande nuvem de testemunhas conta a história do metodismo no Brasil. Através das informações abaixo pode-se ver uma linha do tempo do metodismo brasileiro:

1832 - A Conferência Geral da Igreja Metodista dos EUA decide estudar a possibilidade de abrir trabalho missionário na América do Sul.

1835 - Em 19 de agosto de 1835 desembarca no Rio de Janeiro o Rev. Foutain E. Pitts, com a tarefa de avaliação da abertura de frentes missionárias no Brasil, Uruguai e Argentina.

1836 - No início de 1836 o Rev. Pitts retorna aos EUA e recomenda o envio de missionários para o Rio de Janeiro e Buenos Aires. Em 29 de abril de 1836 chega ao Rio de Janeiro, o Rev. Justin Spaulding. Em junho de 1836 organiza a primeira Escola Dominical no Brasil com 30 alunos.

1837 - Em 12 de novembro de 1837 chegaram novos missionários: Daniel P. Kidder e R.M. Murdy com suas respectivas esposas, Cynthia e Mrs Murdy.

1840 - Em 1940 morre Cynthia Harris Kidder, esposa do Rev. Kidder, vitimada pela febre amarela. Muito abalado e com um filho pequeno, Rev. Kidder retorna aos EUA.

1841 - O Rev. Justin Spaulding ficou no Brasil até o ano de 1841, quando voltou para os EUA acompanhado do Rev. Murdy e demais missionários, devido à crise da Igreja americana diante da guerra de secessão. Em 1841 foi o retorno dos missionários aos EUA.

25 anos de espera...

A família Walker, permaneceu esperando o retorno dos missionários e continuaram a ser metodistas. A sra. Martha Walker guardou uma Bíblia deixada pelo Rev. Spaulding destinada ao próximo pastor metodista que chegasse ao Brasil e depois de esperar 25 anos cumpriu o seu papel entregando a Bíblia ao Rev. Newman. Este exemplo de perseverança mostra o amor pela igreja que esta família tinha sustentando a obra de Deus em oração.

Fonte: Cincoenta annos de Methodismo no Brasil. James L. Kennedy. Páginas 10 a 12.

1867 - Junius Estaham Newman, chegou ao Rio de Janeiro em agosto de 1867, mas fixou residência em Saltinho, cidade próxima a Santa Bárbara d’Oeste, província de São Paulo (1871). A "Egreja do Campo”, em Saltinho, perto de Santa Barbara, foi onde se reuniu a primeira Igreja Metodista no Brasil.

1876 - John James Ranson é enviado pela Junta de Missões da Igreja Metodista Episcopal Sul, como primeiro obreiro oficial.

1878 - O metodismo se estabelece no Rio de Janeiro, então a capital do Império Brasileiro.

1879 - São recebidos, por profissão de fé, os primeiros brasileiros, todos da família Pacheco, na igreja do Catete, Rio de Janeiro.

1880 - Morre de febre amarela Annie Ayres Newman esposa do Rev. Ranson. Ele vai aos EUA em busca de reforços. Justus Henry Nelson se fixa em Belém do Pará, onde permanece até 1925. Rev John James Ransom Igreja Metodista no Catete 1882 Primeiro templo Metodista construído no Brasil Rev. Justus Henry Nelson

1881 - O Rev. Ranson retorna ao Brasil com James L. Kennedy, James W. Koger que organiza a Igreja Metodista em Piracicaba e a educadora Martha Watts, que funda em 13 de setembro o Colégio Piracicabano.

1882 - O Rev. George Benjamim Nind, integrando as missões, atua em Recife de 1882 a 1892.

1883 - Chega o Rev. John W. Tarboux unindo-se à equipe de missionários em atuação no Brasil.

1884 - O metodismo se instala em Juiz de Fora e São Paulo. Alunos do Colégio Metodista Piracicabano em 1885.

O território metodista no Brasil possuía quatro centros principais: Catete (Rio de Janeiro) Piracicaba/SP Juiz de Fora/MG São Paulo/SP

1886 - Rev. Ransom publica o primeiro número do Expositor Cristão, jornal mais antigo do Brasil.

A missão de ensinar...

As escolas metodistas começaram a surgir como parte da missão, destacando-se no meio educacional brasileiro.

Algumas datas de fundação das primeiras escolas metodistas:

1881 - Colégio Piracicabano.

1889 - Colégio Metodista em Ribeirão Preto.

1890 - Instituto Granbery em Juiz de Fora.

1904 - Colégio Isabela Hendrix, em Belo Horizonte.

1907 - Colégio União em Uruguaiana, RS.

1918 - Colégio Noroeste em Birigui, SP.

1919 - Porto Alegre College, RS.

1920 - Instituto Educacional de Passo Fundo, RS.

1921 - Colégio Bennett no Rio de Janeiro.

1922 - Colégio Centenário em Santa Maria, RS.

A missão de capacitar...

1889 – Início da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista.

1906 - Instituto Central do Povo no Rio de Janeiro, o primeiro centro social organizado no Brasil. A missão Social

Uma igreja autônoma...

1930 - Autonomia da Igreja Brasileira foi em 02/09/1930. Uma delegação foi enviada dos Estados Unidos pela Igreja Metodista para formar a Comissão Constituinte da Igreja Metodista no Brasil. César Dacorso Filho foi o primeiro Bispo Brasileiro. John W. Tarboux foi primeiro bispo eleito no Brasil.

Vamos continuar escrevendo esta linda história.

John Wesley tinha como lema para o metodismo: “Reformar a nação, particularmente a Igreja e espalhar a santidade bíblica por toda a terra”.

 Veja o slide com ilustrações:

BIBLIOGRAFIA:

Linha de Esplendor sem fim. HALFORD E. LUCCOK. (Disponível em: http://www.metodistavilaisabel.org.br/docs/revisao_linha.pdf).

Do meu velho baú metodista. Eula Long Kennedy. (Disponível em: http://www.metodistavilaisabel.org.br/artigosepublicacoes/descricao.asp?n=112).

Cincoenta annos de Methodismo no Brasil. James L. Kennedy. São Paulo: Imprensa Metodista, 1928. (Disponível em: http://www.metodistavilaisabel.org.br/docs/cincoenta_annos_de_methodismo_no_brasil_apres.pdf).

Artigo: OS 170 ANOS DO METODISMO NO BRASIL: 19 de agosto de 1835 - 19 de agosto de 2005 de João Wesley Dornellas (disponível em: http://remne.metodista.org.br/download/32/OS_170_ANOS_METODISMO_BRASIL.pdf).