Obrigado Pais - Rev. Gilmar C. Rampinelli

Obrigado, PAIS, por criar seus filhos “na doutrina e admoestação do Senhor” (Ef 6.4). Na era da informação e da informatização, como é necessário que crianças aprendam, desde cedo, sobre as coisas eternas. Muito mais importante do que conhecer matemática, português ou informática, é conhecer Deus e Sua Palavra, assim como o jovem Timóteo, do qual Paulo podia dizer: “desde a infância, sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus” (II Tm 3.15). O tempo gasto em ensinar a Palavra de Deus a seus filhos será amplamente recompensado, assim como a falta deste ensino trará tristeza e remorso em anos futuros.

Um dos principais erros dos PAIS em Israel nos dias de Josué foi que não ensinaram seus filhos. O resultado foi desastroso: “levantou-se uma geração que não conhecia ao Senhor” (Jz 2.10). Quando vejo,ainda neste século, PAIS cristãos preocupados em ensinar seus filhos a conhecerem o Senhor, sinto-me mais tranquilo quanto ao futuro. Obrigado, pais, por corrigirem seus filhos. É lamentável que a sociedade não vê com bons olhos a autoridade que os PAIS têm de disciplinar seus filhos Quando vejo o respeito que filhos/as têm pelos mais velhos e seu bom comportamento nas reuniões da igreja, vejo por trás disto está a disciplina bem exercida. Agradeço a Deus por PAIS que, ainda hoje, demonstram verdadeiro amor por seus filhos ao obedecerem ao princípio bíblico de disciplina e obediência.

A tarefa mais árdua nesta vida, possivelmente, é a criação de filhos. Mas como são preciosas as recompensas desta obra! PAIS, eu queria dizer-lhes “obrigado”! Obrigado por ensinar coisas eternas aos seus filhos, por discipliná-los biblicamente, e por sempre agir em amor. Obrigado PAIS! Bem-aventurado o PAI que cria seu/a filho/a para Deus e não para o mundo que jaz no maligno.

Rev. Gilmar C. Rampinelli 

Boletim Agosto 2018

 

Veja mais: MENSAGENS PASTORAIS