Unidade 2 - Conversão - aula 5

Quinta aula da Unidade 2 CONVERSÃO sobre o tema Consolidação.

Visitas?

Você gosta de visitar?

Você já recebeu uma visita que te ajudou?

Uma mensagem ou telefonema já te fortaleceu?

Você envia mensagens ou telefona para pessoas quando passam por uma dificuldade?

O processo de consolidação e integração na IM em Cataguases

Em João 17, Jesus nos ensina sobre a multiplicação:

Novo Nascimento: v.8 "Dei-lhes as palavras que me deste... e creram que me enviaste”;

Conversão: v. 12 “guardei-os no nome que me deste... nenhum deles se perdeu”;

Santificação: v. 19 “por eles me santifico para que eles sejam santificados”;

Missão: v. 21 “para que o mundo creia”.

NOVO NASCIMENTO

"E disse-lhe: vinde a mim e eu vos farei pescadores de homens" (Mateus 4.19).

Todo membro de um GP deve ser constantemente desafiado a ganhar outras vidas para Jesus. Como:

No evangelismo pessoal ou de oportunidade;

Nas reuniões do GP;

Nas outras atividades da igreja;

Nos Encontros Evangelísticos;

Nos Cultos de Celebração.

CONVERSÃO

"...e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça..." (João 15.16).

Os GPs ajudam no processo de Conversão: Como:

Visita do Ministério de Consolidação

Integração no GP;

Curso Inspire/Inicie (Primeiros Passos);

Empacto.

SANTIFICAÇÃO

"com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo" (Efésios 4.11-12).

O Discipulado ajuda na busca da Santificação:

A igreja cresce à medida que os grupos se multiplicam

Para que isso aconteça, é preciso formar líderes.

Quantidade e qualidade. Precisamos dos dois.

O treinamento gera crescimento integral da igreja.

Transformar crentes em verdadeiros discípulos e líderes?

O treinamento acontece no GP (prática) e no CTM (escola de líderes).

MISSÃO

"... o Senhor designou outros setenta; e os enviou de dois em dois, para que o precedessem em cada cidade e lugar aonde ele estava para ir" (Lucas 10.1).

Os GPs cumprem a Missão como igreja: Como?

Discípulos se tornam líderes

Delegação para o exercício da liderança.

O envio é o grande desafio de pôr em prática o propósito de Deus

Liderar um GP, a partir da Grande Temporada da Multiplicação, com a formação de novos GPs.

A importância dos GPs no processo de consolidação

Novos convertidos vão para os GPs.

As fichas de decisões vão para os GPs.

Membros dos GPs procuram as pessoas.

Os encontros de consolidação

Comece treinando habilidades básicas.

Como uma criança. No "estágio infantil" da vida espiritual, aprender a orar, encontrar passagens, compartilhar a fé com outros devem ser o ponto principal a ser ensinado.

Níveis de Consolidação

Vocês passarão por três níveis:

1º Nível: Para dentro: jornada interior em sua própria vida.

2º Nível: Ministração: consciência de que fortalezas precisam ser trabalhadas.

3º Nível: Mudança de Valores: decisões feitas pelo discípulo em amor a Deus.

Preparação e planejamento dos encontros semanais

Antes de começar os encontros:

Orar pelo novo convertido;

Fazer um roteiro dos planos e objetivos do encontro;

Estudar atenciosamente as lições sobre consolidação dos Cursos Inspire e Inicie.

Sugestão do uso do tempo

· 15 min – Compartilhamento

· 5 min - Recapitulação dos versículos

· 20 min - Discussão da lição

· 10 min - Oração um pelo outro

· 10 min - Aplicação pessoal

(você pode adaptá-lo como desejar)

Princípios a serem lembrados:

O "bambolê"' deixe algum "espaço“.

Seja sensível à abertura dada pela pessoa.

Não resolva os problemas do novo convertido.

Nunca dê nem empreste dinheiro.

Ajude a tomar decisões sozinho.

Compartilhe seu testemunho.

Motive a buscar a Deus.

A Formação de um Discípulo

Deus escolheu um método sólido e eficaz de edificar seu Reino. Começaria pequeno como um grão de mostarda, mas cresceria rapidamente à medida que espalhasse de pessoa a pessoa.

O que é o discipulado?

O Discipulado Cristão é um relacionamento do Mestre e aluno, baseado no modelo de Cristo e seus discípulos.

O Discipulado é o único método (princípio) que produzirá crentes maduros que poderão inverter a deterioração física e espiritual dos povos.

O Que é um Discípulo?

Pensemos em Jesus:

Ele esteve com seus discípulos dia e noite;

Seus discípulos escutavam suas pregações;

Memorizavam seus ensinamentos;

Viam-no viver a vida que ensinava.

Discípulo: É o aluno que aprende as palavras, os atos e o estilo de vida de seu Mestre para ensinar a outros.

Uma comparação da evangelização sem discipulado e do discipulado com evangelização

Observe a diferença entre o trabalho de um discipulador e de um evangelista:

O impacto do discipulado na vida de uma pessoa alcançando outras de forma eficaz e permanente.

Por fim, o discipulador alcança muito mais pessoas do que o evangelista com eventos e tantas programações para multidões que foram e não voltaram.

DESAFIO: Você aceita o desafio de cuidar de pessoas?

 

Veja mais aulas em: CTM - Centro de Treinamento Ministerial